Home > Artigos > Satélite SWOT - Uma Missão Histórica que vai Estudar Mares, Rios e Lagos

30-12-2022

Satélite SWOT - Uma Missão Histórica que vai Estudar Mares, Rios e Lagos

Satélite, SWOT, Missão, Histórica, Estudo, Mares, Rios, Lagos, Oceanos


Considerada como uma missão histórica, o satélite foi lançado em meados de Dezembro e resulta de uma participação francesa com a NASA. Um dos seus principais objetivos é recolher dados inéditos sobre os corpos d’água na Terra.


O satélite designado SWOT (sigla para "Surface Water and Ocean Topography") irá realizar pesquisas e monitorizar de forma detalhada os rios, lagos e oceanos tendo em conta o impacto das mudanças climáticas. Atendendo à tecnologia nele incorporado, os cientistas afirmam que o satélite irá estudar a água na Terra de forma inédita e poderá inclusive descobrir novos fenómenos semelhantes ao El Niño.

 

Com um investimento que já ultrapassa US$1 bilhão, a construção do satélite está em desenvolvimento há quase 20 anos e incorpora uma tecnologia de radar extremamente avançada capaz de recolher dados precisos do nível superficial dos oceanos, rios e outros corpos d’água.

 

Está programado que os dados de dois varrimentos completos do planeta sejam enviados a cada 21 dias, podendo ser utilizados para estudos hidrológicos, climáticos e para ajudar as autoridades na gestão dos recursos hídricos.

 

A missão vai observar toda a água na superfície do planeta e este campo é apenas um dos que irão beneficiar dos dados do SWOT. Outra grande contribuição esperada do satélite é a compreensão do quanto calor e gás carbónico da atmosfera é que o oceano consegue absorver.

 

Satélite, SWOT, Missão, Histórica, Estudo, Mares, Rios, Lagos, OceanosSatélite, SWOT, Missão, Histórica, Estudo, Mares, Rios, Lagos, Oceanos

 

A precisão com que o equipamento irá recolher dados é surpreendente. A título de exemplo, o satélite será capaz de identificar com alto nível de detalhe as mudanças de elevação do mar por redemoinhos. Estes fenómenos são importantes pois influenciam diretamente as correntes marítimas e a capacidade de absorção de CO2 pelo oceano. Os satélites convencionais não possuem o grau de detalhe necessário, enquanto que o SWOT irá entregar imagens com resolução 10 vezes maior.

 

As contribuições do satélite também se estendem aos corpos de água doce. O estado de rios, lagos e reservatórios cuja água é utilizada para o abastecimento e consumo humano pode ser melhor monitorizado a fim de entender as suas variações sazonais e melhor gerir as consequências de eventos climáticos extremos, como secas prolongadas.

 

Artigos Relacionados:

 

 

👉 Follow @niuGIS

RELACIONADAS


24-11-2021
Missão DART
08-09-2021